Escala 6×1: Como funciona essa Jornada de Trabalho, afinal?

escala 6x1 mulher escritorio

A escala 6×1 é a que o  profissional trabalha 6 dias na semana e folga no sétimo.

Assim, é possível que o cumprimento da jornada de trabalho mude de trabalhador para trabalhador, desde que tais variações estejam seguindo o que dispõe a lei e com o que foi estabelecido pelo sindicato.

Para algumas empresas, esse tipo de jornada de trabalho é fundamental, pelo fato de permitir que elas abram as portas todos os dias da semana.

Por isso, normalmente os restaurantes e comércio optem por essa modalidade.

Por esse motivo, neste artigo vamos esclarecer as principais dúvidas sobre esse modelo de jornada.

Boa leitura!

O que é escala 6×1?

A jornada de trabalho 6×1 determina que a cada 6 dias trabalhados, o empregado deve ter 1 dia de descanso.

Diversas pessoas pensam que nesse modelo o indivíduo deve laborar durante os sábados e ter folga aos domingos, entretanto isso não é considerado uma regra.

O único fato obrigatório dessa jornada é que exista 1 dia de folga. Portanto, os dias de trabalho do colaborador irão variar, levando em consideração a sua escala.

Por exemplo:

  • O empregado começa a sua jornada de trabalho na quarta-feira do dia primeiro;
  • Tal jornada de trabalho de sua semana só irá terminar depois de 6 dias consecutivos trabalhados;
  • Dessa forma, ele terá o direito de tirar a sua folga na terça-feira do sétimo dia.

Como funciona a escala 6×1 conforme a CLT?

escala 6x1 homem computador

Não existe um artigo específico na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que dispõe sobre a escala 6×1.

Entretanto, ela determina que o indivíduo  pode trabalhar, no máximo, 8 horas por dia, e 44 horas semanais, levando em consideração quatro horas aos sábados.

E a carga horária semanal pode ser dividida em até seis dias.

Falando mais sobre a jornada de trabalho, a lei dispõe que precisa existir um período de descanso para o colaborador durante o expediente.

Assim, quem trabalha de 4 a 6 horas, deve ter uma pausa de 15 minutos, e quem trabalha mais de 6 horas por dia, o intervalo costuma ser de 1 a 2 horas.

Além disso, essa escala determina que o colaborador deve trabalhar 6 dias na semana, tirando 1 dia de folga.

Assim, as 44 horas semanais estabelecidas pela CLT serão distribuídas levando em consideração as necessidades da empresa.

É possível, por exemplo, que a jornada de trabalho do colaborador seja de 7 horas e 20 minutos nos seis dias da semana.

Na grande maioria das vezes quem trabalha pela escala 6×1 realiza suas atividades laborais aos sábados e folga aos domingos.

Benefícios da escala 6×1

Agora, vamos ver os principais benefícios que a jornada de trabalho 6×1 pode trazer para sua empresa e seus funcionários.

Revezamento para o cronograma de produção

Utilizando a escala 6×1, sua empresa pode funcionar normalmente durante os fins de semana e feriados, conseguindo prestar um atendimento estendido ao cliente.

Isso garante, além de maior flexibilidade para o seu público-alvo, um aumento de receita em detrimento do horário de funcionamento.

Por isso, ter um revezamento no cronograma desta escala é muito importante.

Folgas em dias alternativos

Interessante até mesmo para os colaboradores, a possibilidade de folgar em dias alternativos pode ser uma grande vantagem para muitos empregadores e empregados.

Isso porque, existem situações que só podem ser resolvidas no decorrer da semana, como compromissos bancários, e diversos trabalhadores se beneficiam da folga durante dias úteis para resolver esses compromissos sem empecilhos.

Além disso, diversos comércios costumam a fechar às segundas-feiras e realizar a escala 6×1 de terça-feira à domingo.

Metas comerciais mais atingíveis

Com um cronograma de escalas feito de forma correta e organizada tendo uma distribuição de folgas eficiente, o seu negócio poderá funcionar aos domingos, feriados, além de ser possível implementar um plantão de vendas.

Dessa forma, será mais fácil que sua empresa alcance todas as metas sem entrar em desavenças com a lei.

Quais são os direitos do trabalhador na escala 6×1?

escala 6x1 equipe feliz

Quem trabalha sob essa jornada de trabalho conta com todos os direitos especificados pela CLT como, por exemplo:

  • anotação na carteira de trabalho;
  • férias;
  • 13° salário;
  • FGTS;
  • adicionais legais (como adicional de periculosidade, se for o caso);
  • horas extras;
  • intervalo intrajornada (de descanso e alimentação) etc.

Além disso, quem trabalha com essa modalidade de jornada também tem direito a um intervalo de uma hora ou 30 minutos para alimentação bem como ao descanso semanal remunerado (DSR).

Como montar uma escala de trabalho 6×1?

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre usar a escala 6×1 conforme o que dispõe a legislação, você já pode montar a sua.

Como visto, “6×1” significa que os empregados trabalham seis dias e têm um dia de folga, normalmente trabalhando de 6 horas ou 8 horas por dia de segunda a sexta e 4 horas de trabalho aos sábados.

O número de dias de folga durante o mês irá depender da quantidade de domingos e feriados no mês específico.

Além disso, os dias de folga são definidos previamente pelo empregador ou gerente e podem ser em qualquer dia da semana e um gestor de RH é o responsável por fazer a escala dos funcionários de forma que respeite os dias de folga.

Exemplo de um calendário com escala 6×1

Logo abaixo, temos um exemplo claro de como fica uma escala de trabalho no regime 6×1.

Na escala acima, você percebe que em amarelo os dias trabalhados no mês e em azul os dias das folgas.

Quais fatores o setor de RH deve se atentar na escala 6×1?

escala 6x1 equipe reuniao

Existem dois pontos essenciais que o departamento de RH deve ter bastante cautela ao adotar a escala 6×1, e um deles diz respeito ao trabalho desempenhado no feriado.

A lei trabalhista dispõe que o dia seja pago em dobro, ou então que a empresa ofereça uma folga compensatória em um dia útil, sem prejuízo remuneratório.

É importante ressaltar que isso não se aplica aos trabalhos realizados nos finais de semana, pois, com a  escala 6×1, não é viável para a empresa ter que arcar com os pagamentos em dobro.

Outro ponto que o RH deve estar atento é a respeito do cálculo da hora extra, que deve ser paga sempre que a jornada ultrapassar 8 horas diárias.

Ele deve ser feito da mesma forma que nas demais jornadas de trabalho, ou seja:

  • 50% a mais quando o trabalho for desempenhado durante o dia;
  • 70% quando for noturno (50% relativo ao trabalho diurno + 20%).

A empresa também pode adotar o regime de banco de horas, que deve ser automatizado para um melhor controle e mais agilidade e segurança na obtenção de dados.

Escala 6×1 e as férias

Caso a empresa utilize a escala 6×1, isso não irá modificar em nada as férias remuneradas do colaborador, dessa forma, a cada 12 meses trabalhados, ele tem direito a aproveitar esse benefício.

A quantidade de dias disponibilizados também deve seguir o disposto no Artigo 130 da CLT, que diz o seguinte:

  • Em caso de 5 faltas não justificadas ou menos, o direito é de 30 dias corridos;
  • Entre 6 e 14 faltas, serão disponibilizados 24 dias de férias;
  • De 15 a 23 faltas, deve ser concedido 18 dias de férias;
  • No caso de 24 a 32 faltas, as férias devem ser de 12 dias.

É importante ressaltar que não é preciso retirar todos os dias de férias juntos, sendo possível dividir em até três períodos durante todo o ano, desde que nenhum deles tenha menos do que cinco dias e o maior seja acima de 10 dias.

É possível dobrar o turno na escala 6×1?

Para saber se é possível dobrar isso depende do tipo de jornada realizada pelo trabalhador.

Isso porque, uma escala 6×1 não é uma jornada de 6 horas por dia, o que confunde muita gente.

Dessa forma, quando o funcionário quiser dobrar o turno, é preciso que ele e a empresa tenham em mente que a lei determina que a cada 8 horas trabalhadas, o funcionário possui direito de descanso de 11 horas ininterruptas, o que é conhecido como intervalo interjornada.

Portanto, a empresa não pode montar uma jornada que viole esse direito.

Se acontecer de não conseguir respeitar esse direito, o que deve ser evitado ao máximo, o trabalhador deverá receber  horas extras.

DSR na jornada 6×1: Como é calculado?

escala 6x1 profissional computador

Esse valor irá variar levando em consideração a escala de trabalho, por exemplo, para um mensalista, o valor do DSR já está embutido em seu salário.

Dessa forma, se não houver faltas injustificadas ou horas extras realizadas, o valor contratual do salário será mantido e o valor do DSR também não varia.

Agora, se for um horista, a sua remuneração é calculada levando em consideração o total de horas trabalhadas, abrindo espaço para variações que são provocadas pelo número de dias úteis e feriados de cada mês.

Devido a essa variação, não tem como incluir um valor fixo para o DSR no cálculo da folha de pagamento.

Assim, no final do mês ou do prazo estabelecido para ser feito o acerto, o qual pode ser feito por semana ou quinzena,  uma nova conferência de dados deve ser realizada.

Para fazer o cálculo, o DP deve seguir os seguintes passos:

  • somar as horas normais de trabalho no mês em questão;
  • dividir o resultado obtido pelo número de dias úteis do mês para chegar à média de horas trabalhadas. Atenção: os sábados devem ser contabilizados como dias úteis;
  • multiplicar o total pelo número de domingos e de feriados do mês;
  • multiplicar esse resultado pelo valor da hora normal de trabalho.

Assim, o cálculo do DSR para os colaboradores que recebem por hora será feito da seguinte forma.

Imagine um funcionário que recebe por semana e que trabalha 44 horas semanais e recebe o salário de R$ 500,00.

Nesse caso, o cálculo ficaria assim:

44 / 6 = 7,33 (7 horas e 20 minutos)

R$ 500 / 44 = R$ 11,36

R$ 11,36 x 7,33 = R$ 83,27

O valor do DSR para esse trabalhador será de R$ 83,27.

Quais setores normalmente adotam a escala 6×1?

É bastante comum a utilização dessa jornada de trabalho em diversas funções, como:

  • Prestadores de suporte ao cliente;
  • Vendedores de loja;
  • Manutentores de equipamentos;
  • Operadores de telemarketing.

Isso acontece pois nessas funções existe um fluxo de clientes muito grande, e, por isso, as empresas precisam de profissionais para o devido atendimento.

Sabendo disso, a escala 6×1 é comum em segmentos como:

  • Restaurantes;
  • Padarias;
  • Supermercados;
  • Farmácias;
  • Comércios de rua e shopping centers;
  • Segurança;
  • Telefonia;
  • Transporte público.

Lembrando que deve existir autorização do Ministério do Trabalho para a realização de atividades aos fins de semana.

Como saber se a escala 6×1 é a melhor opção para a minha empresa?

escala 6x1 mulher feliz

Fazer a gestão de escala de trabalho é bastante difícil, pois, além das particularidades exigidas pela lei, existem diversas formas e modelos de escala de trabalho e escolher o melhor para a sua empresa é uma das partes mais difíceis.

Por esse motivo, para você saber qual escala é a melhor para o seu negócio, primeiramente você deve saber todos os pormenores da sua empresa bem como das atribuições de cada colaborador.

Outra coisa que você deve conhecer é a legislação trabalhista.

Agora, vamos para um exemplo prático. Imagine que você é gestor de um restaurante e os finais de semana costumam ter muito movimento. Nesse caso, a escala 6×1 é maravilhosa para você.

Se sua empresa for  de segurança essa escala também é muito boa, pois não é possível prever quando o cliente irá precisar de um auxílio.

Por tudo isso, você deve conhecer muito bem sobre as necessidades de sua empresa para escolher a melhor escala de trabalho.

Outras alternativas de escala existentes no mercado

De acordo com a  CLT, uma pessoa pode trabalhar, no máximo, 8 horas ao dia e 44 horas semanais.

Nesse sentido, separamos algumas possibilidades de escala dentro dessa carga horária semanal:

  • Modelo 5×1

No tipo de escala 5×1, o trabalhador terá direito à 1 folga a cada 5 dias trabalhados.

De acordo com as leis trabalhistas, ao escolher essa escala, a empresa deve se certificar que o empregado terá pelo menos 1 domingo de folga no mês.

  • Modelo 5×2

A escala de trabalho 5×2 é uma das mais comuns, pois aqui o empregado trabalha de segunda a sexta e tem folga de sábado e domingo.

Essa jornada normalmente é de 8 horas por dia, porém, as folgas não precisam, necessariamente, ser em dias seguidos.

  • Modelo 12×36

Nesse formato, o colaborador irá trabalhar por 12 horas e terá 36 horas de folga.

Esse tipo de escala é muito usada em atividades que não podem ser interrompidas, como é o caso das indústrias.

Tal opção normalmente é utilizada devido a um acordo feito entre o colaborador e a empresa, e não tem nenhum respaldo da lei trabalhista.

  • Modelo 24×48

Esse modelo é usado por policiais, onde o  profissional trabalha por 24 horas e descansa 48 horas.

E, como os outros modelos de jornada de trabalho, é fundamental existir um controle de ponto rigoroso para se certificar de que o trabalhador está seguindo sua jornada adequadamente.

Qual a diferença da escala 5×1 e 6×1?

A escala de trabalho 5X1 significa que a cada 5 dias que o empregado trabalha o ele terá 1 de folga.

É importante ressaltar que com esse tipo de escala, o funcionário passa a ter um domingo de folga por mês.

Já na  jornada de trabalho 6X1, o funcionário trabalha 6 dias e tem 1 dia de folga.

Nesse tipo de escala é possível haver variações de cumprimento da jornada, desde que tais variações estejam de acordo com os acordos sindicais e/ou coletivos.

Além disso, para as pessoas que trabalham nos finais de semana, a empresa é obrigada a conceder um domingo de folga a cada, no máximo, sete semanas.

É importante destacar que, de acordo com a Súmula 146 do TST, as jornadas de trabalho mantidas em domingos e feriados, e que não foram compensadas, deverão ser pagas em dobro, sem prejuízo da remuneração relativa ao repouso semanal.

Importância da Saúde Corporativa para a sua empresa

escala 6x1 homem entrevista

Hoje é mais do que provado que empresas que investem no bem-estar de seus colaboradores tendem a aumentar a sua produtividade.

Por esse motivo, a saúde corporativa é muito importante para sua empresa e deve ser considerada muito além de uma mera obrigação da companhia.

Assim, ela deve ser considerada uma estratégia para melhorar a qualidade de vida dos funcionários, criar um ambiente saudável e, consequentemente, melhorar o desempenho dos negócios.

Isso porque, o bem-estar do funcionário impacta, diretamente, no desempenho de seu trabalho e, por isso, investir na saúde corporativa passa a ser uma importante estratégia para a empresa.

Dessa forma, podemos citar alguns benefícios de um programa eficiente, confira:

  • Melhora o clima organizacional;
  • Aumenta a produtividade;
  • Melhora a qualidade de vida dos colaboradores;
  • Reduz os afastamentos por doenças e acidentes;
  • Motiva e incentiva as equipes;
  • Ajuda a conscientizar sobre cuidados médicos.

Conheça a Conexa Corporate

Independentemente do local que sua empresa está localizada, a Conexa Saúde conecta os trabalhadores e seus dependentes com médicos, nutricionistas e psicólogos, com acesso fácil e rápido, disponível 24 horas, todos os dias da semana.

Através da Conexa Corporate a empresa consegue oferecer um suporte médico e emocional para todos os colaboradores.

A proteção de dados e a segurança são uma prioridade na Conexa Corporate, e, por esse motivo, todos os servidores ficam na nuvem, com a criptografia de cada conexão gerada e dados coletados dos colaboradores.

A Conexa segue rigorosamente os protocolos nacionais e internacionais de segurança. Por meio da telemedicina oferece aos gestores a possibilidade de reduzir, por exemplo, em mais de 70% a ida ao pronto socorro.

Os funcionários resolvem seus problemas médicos sem exames desnecessários, contam com atendimento de urgência e acesso simplificado.

A plataforma da Conexa é projetada para dar visibilidade e controle sobre todos os indicadores de saúde da organização.

É possível reduzir a taxa de absenteísmo promovendo saúde; facilitar a otimização dos indicadores chaves de desempenho, conhecidos por Key Performance Indicator (KPIs) de saúde; diminui o número de sinistros, aumenta o engajamento do funcionário e  o reconhecimento dos Recursos Humanos.

Na área corporativa são mais de 400 clientes ativos. O Conexa Corporate conta com mais de 10 mil profissionais cadastrados, 22 especialidades disponíveis e mais de 2 milhões de atendimentos realizados somente em 2020.

Conclusão

Ao longo deste artigo você viu algumas das particularidades da jornada de trabalho 6×1, bem como algumas das dúvidas mais frequentes que as pessoas têm referentes a  ela.

Um conselho muito importante que podemos dar a respeito dessa jornada de trabalho, é que você conte com um profissional especializado para elaborar as escalas de trabalho de acordo com as necessidades do seu negócio.

Além disso, você pode automatizar as escalas é sempre uma boa opção por meio de  softwares que irão te ajudar nesse processo.

Gostou do nosso artigo? Continue na Conexa Saúde e saiba muito mais.

Compartilhe:

LinkedIn
WhatsApp
Facebook
Twitter
Email

Deixe um comentário

Pesquisar

Assuntos do blog

Receba quinzenalmente os melhores conteúdos sobre saúde física e mental.

Assine nossa newsletter e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Nos acompanhe nas redes sociais!

    Outros posts que você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e acesse o melhor conteúdo sobre saúde física e mental!

      Saúde e bem-estar que encaixa na sua rotina

      A Conexa Saúde é uma solução completa de saúde digital que simplifica o seu acesso a cuidados físicos e mentais. Fale com a gente!