Recrutamento interno: o que é, tipos e como fazer o processo?

recrutamento interno mulher entrevista

Ao surgir uma vaga na empresa, o setor de recursos humanos deve iniciar o processo de seleção de pessoal, para preencher o cargo o mais rápido possível. Mas como escolher a melhor metodologia para isso? Qual seria a mais rápida e eficiente? E o recrutamento interno?

Nesse texto vamos falar sobre o recrutamento interno e conhecer melhor todas as etapas, vantagens e benefícios que o processo traz. Ele pode ser uma excelente opção para melhor aproveitar o profissional interno, realizar promoções, sem gerar perdas de tempo e de trabalho.

Para o sucesso desta empreitada o recursos humanos deve estar preparado para o recrutamento interno e ter cuidado nesse tipo de contratação. Então para saber como isso funciona acompanhe esse post e boa leitura!

O que é recrutamento interno?

recrutamento interno candidatos

Basicamente, recrutamento interno é o processo realizado pelo RH, onde o setor fará a seleção entre os profissionais já contratados na empresa. É uma forma de preencher uma vaga disponível, aproveitando a mão de obra interna.

O setor escolherá o profissional que melhor desempenhará a função desejada, de acordo com critérios preestabelecidos. O recrutamento interno é uma das formas de promoção e de retenção de talentos.

Além disso, possibilita maior engajamento dos trabalhadores, melhora o clima organizacional e a produtividade. Isso porque o trabalhador selecionado já está familiarizado com a metodologia de gestão e de trabalho.

Vantagens de investir em um recrutamento interno

Optar por preencher uma vaga com profissional já contratado pode trazer inúmeras vantagens para a organização. A escolha entre a equipe pode representar uma chance de crescimento e de desenvolvimento profissional.

Além disso, mudar de área pode ser benéfico para os dois lados. Isso porque o trabalhador escolhido se sentirá mais valorizado, enxergando chances de crescimento e de desenvolvimento dentro da empresa.

O recrutamento interno gera motivação, engajamento, além de melhorar as relações internas. Outra vantagem é que o RH elimina várias etapas do processo seletivo, como divulgação de vagas, análise de currículos ou longas entrevistas.

Então vamos conhecer outras vantagens de se investir nesse tipo de seleção.

Retenção de talentos

Empresas que escolhem dentro da sua unidade, profissionais para ocuparem vagas disponíveis têm benefícios imediatos.

Um deles é a retenção de talentos. Isso porque o trabalhador escolhido se sentirá mais valorizado, feliz e motivado para ocupar a nova função. Se interessa em aprimorar seus conhecimentos, resultando em maior engajamento.

Incentivar a competição interna pode ser saudável para empresas e funcionários.

Plano de carreira

O recrutamento interno contribui para que a empresa estruture melhor o plano de carreira desejado para seus funcionários. Com isso é possível planejar melhor as promoções e sucessões, potencializando a liderança.

Por outro lado, o trabalhador vê que a empresa oferece oportunidade para crescer e se desenvolver profissionalmente.

Os resultados são positivos para todos os envolvidos, em especial para o RH que pode agilizar o processo seletivo, eliminando tempo e custos operacionais de seleção e de contratação.

Afinal o trabalhador interno já está familiarizado com a sistemática da organização e o setor já possui todas as suas informações. Com planos de carreiras bem definidos a empresa consegue estabelecer metas assertivas e tangíveis.

O trabalhador consegue visualizar oportunidades e sabe até onde pode chegar dentro da organização.

Fit cultural

Fit cultural é mais conhecido no meio corporativo como o funcionário que se enquadra na cultura organizacional da empresa. Qual é o seu grau de adequação e de alinhamento aos critérios internos e como ele contribui para preservar os valores da organização.

Tudo para garantir que as metas e estratégias da corporação sejam cumpridas de forma eficiente e rápida. O fit cultural envolve uma série de fatores como valores, comportamento, crenças, e até como o profissional se adapta ao DNA da empresa.

Por isso, optar por preencher vagas, selecionando profissionais da equipe, agiliza esse processo e facilita a adaptação desse trabalhador à nova função.

Conheça os tipos de recrutamento interno

recrutamento interno entrevista candidatos

Apesar de parecer simples, o processo de seleção de pessoal interno pode ser realizado de diferentes formas. A partir da liberação da vaga, o recursos humanos poderá estruturar melhor a forma de seleção que melhor se ajustará ao recrutamento interno.

Tudo de acordo com as determinações e objetivos da chefia do departamento em questão. As vagas disponíveis podem ser preenchidas por profissionais do mesmo ou de outro setor.

Ao abrir a seleção interna, todos os funcionários podem participar do recrutamento ou não. O RH pode optar ainda por delimitar o recrutamento interno por departamentos.

Então vamos conhecer melhor quais os tipos de recrutamento interno mais comuns entre o meio corporativo.

Abertura de vaga

Essa é a primeira etapa de qualquer tipo de seleção de pessoal. Nesse formato a vaga aberta pode ser disputada entre todos os funcionários da empresa.

A comunicação interna se encarregará da divulgação da vaga e também sobre os processos para o seu preenchimento. Desta forma, qualquer funcionário que se considere apto para preencher a vaga e assumir a função, poderá se inscrever e participar da seletiva.

Esse formato de recrutamento minimiza erros e reduz custos. Pois o RH já conhece o perfil, as habilidades e competências da equipe.

Por outro lado, o funcionário já conhece o grau de desafio e a cultura organizacional da organização. Isso facilita a sua adaptação à nova função, sem prejuízos à produtividade.

Promoção

Promover o trabalhador é uma das formas mais comuns dentro do processo de seleção interna. Por meio de critérios muito bem definidos, o RH poderá selecionar o funcionário que melhor se adapta à nova função.

O trabalhador tem oportunidade de ocupar cargos mais importantes dentro do organograma da empresa. Uma forma de se sentir mais valorizado, útil e necessário para a corporação.

As promoções ampliam o engajamento da equipe, promovendo melhorias no clima organizacional e também no desempenho profissional. Seja individual ou coletivo. É uma excelente oportunidade para o trabalhador se aprimorar e crescer profissionalmente.

Recrutamento informal

Nesse tipo de contratação interna o trabalhador pode ser indicado a ocupar uma nova função. O recrutamento informal não possui um formato tão rígido, podendo também surgir por meio de conversas informais ou outras iniciativas, sem muito rigor na sua metodologia.

Uma excelente oportunidade para o trabalhador que se sente ainda mais valorizado pela chefia. Ele vê que seu trabalho e desempenho é reconhecido e isso o motiva a trabalhar cada vez mais e melhor.

Transferência

Nesse tipo de recrutamento interno o funcionário é remanejado de setor ou de equipe. Isso pode acontecer para um melhor aproveitamento técnico do funcionário ou simplesmente para que ele mude de ambiente e possa desenvolver melhor suas funções.

Como fazer um processo de recrutamento interno? três dicas importantes

Embora pareça um processo mais simples do que o recrutamento externo, a seleção interna é um processo que obedece a alguns critérios. Ele deve ser assertivo e trazer bons resultados para os dois lados: empresa e empregados.

Empresas que optam por esse tipo de seleção buscam profissionais com experiência e conhecimento do negócio. Para que isso ocorra da melhor forma possível o RH deve se atentar a alguns passos importantes do processo.

Entre eles estão a comunicação eficiente da vaga, a transparência da seleção, o formato dos testes a serem aplicados, entre outros. Para o sucesso desse procedimento trazemos três dicas importantes. Acompanhe!

– Busque as características profissionais certas

Para que isso aconteça o RH precisa ter sua base de dados sobre os funcionários sempre atualizada.

É preciso se atentar à formação profissional e também aos cursos extracurriculares, especializações, capacitações, outras línguas e habilidades desenvolvidas.

Desta forma o setor estará apto a identificar os trabalhadores que possuem as melhores competências para suprir a vaga disponível. Buscar as características profissionais certas acelera o processo seletivo e contribui para uma contratação mais assertiva.

Além da capacidade e experiência profissional, o candidato precisa se identificar com os valores da empresa. Precisa ter seu fit cultural alinhado com a cultura organizacional da unidade.

A tecnologia, por meio de ferramentas eletrônicas, pode ajudar nessa fase da seleção.

– Realize os testes

Por meio de entrevista e teste é possível encontrar o candidato certo para a vaga em questão. Testes comportamentais e técnicos são importantes para que o RH verifique se o profissional está apto a mudar de setor ou assumir novas responsabilidades. Os testes também ajudam a compreender melhor os objetivos do trabalhador. Também ajudam a identificar se este possui as habilidades necessárias para a nova função.

– Atualize as informações dos colaboradores

Tão importante quanto conhecer as características dos colaboradores, é manter suas informações atualizadas. É o primeiro passo para o processo seletivo.

Além de sua formação, é preciso saber se ele se manteve em aprimoramento profissional, se participou de eventos ou cursos. Se aprendeu uma nova língua. Enfim, qualquer iniciativa que contribui para desenvolver suas habilidades e capacidade técnica.

São características que ajudarão o RH na seleção. A comprovação destes cursos, por meio de diplomas ou certificados, também são necessárias.

Qual a importância do RH manter o recrutamento interno?

recrutamento interno mulher sorrindo entrevista

A gestão de pessoas vai muito além do gerenciamento de documentos ou de benefícios. Ela retém talentos e contribui sensivelmente nos processos de recrutamento, em especial os realizados internamente.

É por meio da gestão de pessoas que o RH consegue desenvolver planos de carreiras, a valorização profissional e a qualidade de vida dos trabalhadores.

Para o recursos humanos o recrutamento interno está inserido dentro das competências de uma boa gestão de pessoas. Por meio dele é possível recrutar profissionais internamente, valorizando o seu potencial e habilidades.

Isso tem reflexo direto no bom andamento do clima organizacional, pois promove maior engajamento na equipe, valorização, motivação e aprimoramento técnico. Vamos conhecer outras vantagens que o processo oferece:

Valoriza o capital humano dentro da organização

Que funcionário não gosta de ser reconhecido. De ser valorizado pela empresa. Uma das maneiras mais fáceis e simples de atingir essa meta é por meio do recrutamento interno.

Participando desse tipo de seleção ele se sentirá muito mais satisfeito com seus líderes e corporação. Além disso, os gestores já conhecem seus profissionais e sabem de suas capacidades, atitudes e competências.

Quando surge uma vaga, recrutar um trabalhador internamente representa que a organização reconhece e valoriza seu capital humano.

Estimula o aperfeiçoamento dos colaboradores devido à possibilidade de crescimento.

Poder crescer dentro da empresa onde trabalha é o desejo de todos os colaboradores. E participar de um processo de recrutamento interno é um dos caminhos nesse sentido.

É uma das formas de estimular o aperfeiçoamento dos trabalhadores devido à possibilidade de crescimento. Retém talentos, gera maior engajamento, satisfação e aumento de produtividade.

Profissional melhor capacitado, melhora o foco e consegue produzir muito mais com maior qualidade e eficiência. Por outro lado, a empresa consegue aproveitar melhor o potencial dessa mão de obra ainda mais qualificada.

Empresas que investem em aprimoramento profissional incentivam a permanência dos trabalhadores em suas unidades. Além disso, contribuem para melhorar a imagem da empresa empregadora no mercado e entre os clientes.

Aumenta a produtividade nas equipes

O recrutamento interno incentiva a alta produtividade entre os funcionários. Isso porque a contratação entre em trabalhadores internos resulta em uma seleção mais focada, com maior número de acertos.

Esse processo reduz custos e tempo de seleção. Além disso, o profissional interno já está acostumado com a cultura organizacional da empresa e os desafios que o trabalho lhe impõe. Sua adaptação se dá de forma tranquila e rápida.

A novidade fica centrada apenas na nova função. Consequentemente os benefícios do recrutamento interno são perceptíveis na empresa como um todo.

Dá oportunidade de crescimento profissional dos colaboradores

Além de valorizar o capital humano da empresa, o recrutamento interno é um importante fator motivador para os funcionários.

Isso porque os estimula a estarem em constante aprimoramento profissional, ampliando o conhecimento técnico e o crescimento pessoal e profissional. Recrutar um trabalhador internamente representa uma nova oportunidade para os colaboradores.

Mostra que a empresa reconhece a capacidade e o desempenho de sua equipe. Além disso, melhora a imagem da empresa, o clima organizacional como um todo e aumenta os índices de produtividade.

Trabalhadores valorizados se sentem reconhecidos e motivados. Cai o índice de absenteísmo e também o de rotatividade. A empresa passa a fidelizar seus trabalhadores, retendo talentos importantes para o seu negócio.

Mais pessoas com entendimento macro dos processos da empresa

Se a empresa busca dentro do seu quadro de funcionários suprir as demandas de vagas, consegue mais pessoas com visão e entendimento macro dos processos internos. Fator que só traz benefícios.

Com mais pessoas entendendo melhor o negócio é possível crescer de forma sustentável e ainda mais positiva.

Quanto mais funcionários conhecerem o projeto, às estratégias, processos e atividades como um todo, poderão contribuir ainda mais para que a empresa prospere. Desta forma todos saem ganhando.

O gestor, porque conquista bons índices, alta produtividade, rentabilidade e boa imagem no mercado. O funcionário que se sente valorizado, motivado e engajado. Tudo contribui para um bom clima organizacional, um ambiente acolhedor e seguro.

Para atingir esses objetivos o RH tem papel fundamental em todos os processos. Em especial no recrutamento de profissionais. Se o processo for interno, as vantagens são ampliadas ainda mais.

Conheça outras melhorias que você pode aplicar na sua empresa

Em tempos onde a competitividade fala mais alto, investir na valorização dos trabalhadores pode ser um grande diferencial de mercado. Esse processo pode passar por várias estratégias, como cursos, recrutamento interno, saúde, segurança e muito mais.

Uma boa comunicação interna, pesquisa organizacional e boa liderança pode ajudar na implantação de melhorias. Além disso, a tecnologia pode ser outra aliada e trazer inúmeros benefícios a curto, médio e longo prazos.

Veja outras sugestões que podem gerar melhorias na sua empresa.

  • Promova o marketing digital. Este é um ótimo canal para divulgar a marca, seu conteúdo e até para vendas on-line;
  • Automatize os processos. Por meio de modernos equipamentos ou softwares de gestão é possível gerenciar dados, serviços, estoques, RH e muito mais;
  • Tenha clareza nas definições e objetividade nas funções. Isso melhora o desempenho profissional e a produtividade;
  • Ofereça capacitação continuada, por meio de cursos, treinamentos, oficinas, palestras, entre outros eventos;
  • Melhore o ambiente e as condições de trabalho. Ampliar a carteira de benefícios, oferecendo um bom plano de saúde ou de telemedicina pode ser positivo;
  • Integre os setores, por meio de uma comunicação mais efetiva.

Conheça a Conexa Corporate

Quando se fala em qualidade de vida do trabalhador e clima organizacional a saúde corporativa tem grande importância para a liderança da empresa. Ela vai muito além de oferecer um convênio médico aos funcionários.

Está diretamente ligada a uma boa gestão organizacional. Muitas empresas adotam a saúde corporativa como estratégia para gerar bem-estar. Para facilitar a implantação desse processo é importante contar ajuda de parceiros como a  Conexa Saúde.

Para atender melhor o segmento corporativo, a Conexa Saúde criou a Conexa Corporate. Um sistema simples e moderno que conecta médicos e funcionários das empresas por meio de sua plataforma de telemedicina.

Os usuários têm à sua disposição mais de 70 mil profissionais cadastrados em mais de 30 especialidades, 24 horas, em todos os dias da semana. Tudo acessível de forma virtual, por meio de computador, tablet ou celular.

Para conhecer o que a Conexa Corporate pode fazer pela sua empresa acesse www.conexasaude.com.br.

Conclusão

Por ser muito mais simples, rápido e seguro, o recrutamento interno oferece inúmeras vantagens, quando comparado ao processo de contratação externo. Investir em talentos que a empresa já possui tem se mostrado viável e produtivo.

Em especial, em casos emergenciais, onde o tempo é fator crucial. Os trabalhadores se sentem mais motivados, valorizados e buscam crescer profissionalmente, dentro da própria empresa onde atuam.

Desta forma o gestor retém talentos, reduz custos de contratação e ganha maior credibilidade junto à equipe. Fatores positivos para os dois lados.

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Deixe um comentário

conexa saude cta

Nos acompanhe nas redes sociais!

Assuntos do blog

Receba quinzenalmente os melhores conteúdos sobre bem-estar corporativo.

Assine nossa newsletter e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Outros posts que você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e acesse o melhor conteúdo sobre bem-estar corporativo!

      Saúde digital, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

      A Conexa Saúde é uma solução completa para a saúde digital da sua empresa, que mostra que bem-estar corporativo pode ser acessível e estratégico. Fale com a gente!