Feedback positivo: o que é, importância, como fazer e exemplos

feedback positivo feedback positivo pronto

O feedback positivo é uma das melhores estratégias usadas pelas empresas na hora de engajar os seus funcionários. É por isso que cada vez mais as empresas usam esse tipo de avaliação e conversa para incentivar os seus funcionários, incorporando o feedback positivo na rotina de gestão de pessoas.

Mas você sabe como esse mecanismo funciona na prática? Para sanar as suas dúvidas criamos esse artigo completo sobre o que é fee dback positivo, a diferença entre feedback negativo e positivo, qual a importância desta ferramenta, qual o papel do líder nesse contexto e dicas de como aderir ao feedback positivo em sua empresa, na prática. Confira!

O que é feedback positivo?

feedback positivo feedback positivo hormonal

O feedback é o ato de conversas com os colaboradores, mostrando os erros e acertos de cada um. Ou seja, é um retorno que a equipe recebe a partir de um projeto ou tarefa executada. Esse feedback pode ser negativo ou positivo, aqui iremos focar nos aspectos e na contribuição do feedback positivo.

Portanto, trata-se de reconhecer e elogiar um comportamento ou tarefa realizada conforme o esperado ou que superou o esperado. Em geral o feedback é dado pelo líder da equipe ou por alguma autoridade dentro do funcionamento do local de trabalho. Assim, o líder mostra exemplos e metas alcançadas pelo colaborador em questão, e faz uma análise sobre cada uma delas, enfatizando os pontos fontes.

O objetivo desta prática é manter o funcionário motivado, entender todos os fatores que levaram a um bom resultado final e manter o bom comportamento e desempenho do colaborador a maior parte do tempo.

Qual a importância do feedback positivo?

O feedback positivo é uma ferramenta essencial para engajar os funcionários no dia a dia de sua empresa. Além disso, é evidente que a empresa como um todo se beneficia quando um funcionário está satisfeito, porque uma equipe motivada é mais produtiva e, como consequência, atinge resultados mais satisfatórios no final.

O colaborador, por outro lado, se beneficia ao perceber que o seu esforço e bom trabalho estão sendo reconhecidos

Dessa forma, é muito importante que todos os líderes e departamentos de sua empresa, em especial aqueles que cuidam da gestão de pessoas, não menosprezem ou se esqueçam do poder que o feedback positivo tem.

Além disso, o feedback positivo destaca a parte bem feita do trabalho, ensina para o colaborador como continuar a desempenhar o mesmo trabalho eficiente e produtivo e fortalece o vínculo de confiança e o canal de comunicação entre o líder e a equipe, outra etapa essencial para um bom trabalho final.

Qual é o papel do líder no momento do feedback?

feedback positivo feedback positivo frases

O líder da empresa desempenha um papel fundamental no engajamento dos funcionários no dia a dia.

Afinal, ninguém gosta de trabalhar ao redor de alguém que só reclama do desempenho de todos, em especial se esse alguém for encarregado de liderar algum departamento.

Isso acontece porque a posição de liderança muitas vezes pode dificultar a comunicação entre o líder e a equipe, fator fundamental para o acerto de expectativas e para que ambos estejam trabalhando para o mesmo objetivo.

Assim, caso você seja o líder em sua equipe, é você quem deve dar o primeiro passo para abrir esse canal de comunicação importante.

Um bom exemplo de primeiro passo é justamente usar o feedback positivo, que além de deixar a equipe motivada, apontar o caminho que eles devem seguir e melhorar o ânimo geral, vai fazer com que a comunicação seja facilitada em sua empresa.

Qual a diferença entre feedback positivo e negativo?

feedback positivo feedback positivo fisiologia

Estamos falando bastante sobre o conceito de feedback positivo, porém, ele não é o único que existe.

Assim como há o conceito de feedback positivo, também existe o negativo, que provoca estímulos e uma resposta completamente diferente do cérebro, assim como no comportamento.

Ambos são ferramentas de gestão da equipe capazes de fazer com que os colaboradores desenvolvam suas competências e impulsionem o seu crescimento profissional. No entanto, eles devem ser usados em momentos distintos e para propósitos distintos.

Confira as principais diferenças entre feedback positivo e feedback negativo.

– Feedback positivo

Como mencionado, o feedback positivo é quando um comportamento, tarefa ou função desempenhada por um colaborador é destacada de uma forma positiva. Isso pode ser feito por meio de elogios ou de simples constatações. O que importa é que uma ação seja destacada ao funcionário e esse destaque seja positivo.

Esse feedback pode ser em público, como em reuniões, por exemplo. O que incentiva não apenas o funcionário a quem você dá a resposta positiva, mas outros funcionários que estão acompanhando também.

Isso gera um ambiente de trabalho positivo e mais motivado.

– Feedback negativo

Esse é um tipo muito importante de feedback também, pois aponta os pontos de melhoria nos comportamentos e funções adotadas pela equipe de sua empresa. Assim como também aponta os fatores que afetam o desempenho dos colaboradores no dia a dia.

Assim, é uma ótima forma de você avisar o que está incorreto de acordo com a cultura e as normas da empresa, e verificar se haverá melhora no futuro. Se houver, é hora de dar um feedback positivo sobre isso.

Portanto, você,como líder, consegue encaminhar os funcionários nos objetivos do resto da empresa e aumenta o alinhamento e a comunicação entre a equipe de trabalho, o que resulta em melhores resultados com o passar do tempo.

No entanto, esse é um feedback negativo, que destaca algumas ações que não são bem vindas, portanto deve ser feito de modo individual e privado.

Diferente do feedback positivo, não deve ser aplicado durante uma reunião ou em um espaço com outros colaboradores, pois pode resultar em alguma forma de desconforto, seja do funcionário em questão ou do resto da equipe.

Assim como você deve fazer o possível para não deixar o colaborador envergonhado ou desconfortável, para que o feedback seja algo natural e, em especial, construtivo.

Como dar um feedback positivo?

feedback positivo feedback positivo exemplos

Saber a hora certa de dar um feedback positivo também é bastante importante para um bom resultado. Isso se torna especialmente relevante porque o feedback positivo é naturalmente mais fácil e mais natural, em comparação a uma crítica ou uma reclamação. Porém, não é por isso que o feedback pode ser espontâneo e sem planejamento.

Vamos te explicar melhor. A intenção do retorno positivo é justamente analisar o trabalho da equipe de forma individual e destacar os pontos interessantes e positivos, que de alguma forma foram bem feitos ou bem pensados. E o mais importante, deve ser um comportamento que você quer manter no futuro.

A partir desse estudo, você conversa com o seu colaborador e diz os pontos fortes de um trabalho ou do comportamento, para que ele perceba a importância que tem dentro de sua empresa.

Porém, quando esse feedback parece mais um elogio, existe o risco do colaborador ficar “muito confiante”. Isso é sempre um erro em qualquer tipo de trabalho. Ter confiança é essencial, e o líder deve trabalhar para manter a confiança da equipe alta.

No entanto, quando ela acontece de uma forma exagerada pode aumentar a probabilidade de erros e reduzir a comunicação entre a equipe.

Assim, algumas etapas são importantes ao planejar um feedback positivo. A primeira é a análise da situação, seguida de escolher um bom momento, manter uma certa frequência, valorizar o esforço da equipe, ter uma frequência de feedbacks, entre outros fatores.

Dicas para dar um feedback positivo

feedback positivo feedback positivo e negativo exemplos

Apenas falar como é o feedback positivo e que ele não deve ser apenas um elogio ou um “parabéns” despreparado pode ser um pouco difícil de entender. Por isso, vamos falar sobre como você deve fazer isso na prática.

Confira algumas dicas essenciais para dar um feedback positivo e implementar essa prática da forma correta dentro do seu negócio.

– Acompanhe o dia a dia do time

É essencial estar presente no dia a dia de trabalho da sua equipe. Afinal, como você vai se basear em fatos e em acontecimentos para dar um feedback, se não acompanha o dia a dia e está presente junto com a equipe.

Porém, isso não significa que você deva estar presente em todos os passos de todas as funções executadas, e a todo momento. Isso é impossível e vai apenas causar um desperdício do seu tempo.

A intenção aqui é orientar, ter um canal de comunicação aberto com a equipe, tirar dúvidas e estar presente em alguns momentos mais importantes ou mais decisivos dos trabalhos.

Isso é o suficiente para entender qual colaborador está fazendo um ótimo trabalho, e em qual aspecto ele está acertando. Isso já te dá um embasamento para dar os feedbacks positivos, ou até um feedback negativo dependendo da situação.

– Escolha um momento propício

É importante escolher um bom momento para dar qualquer tipo de feedback, mesmo que seja um feedback positivo. Isso acontece porque um feedback fora de hora pode facilmente se transformar em um momento constrangedor dentro do escritório.

Além disso, muitas pessoas podem se sentir constrangidas com esse tipo de conversa ou apontamento perto dos outros, mesmo se tratando de um destaque positivo.

Dessa forma, procure um lugar que seja um pouco mais privado, mesmo que seja fora do escritório. Dessa forma você e o seu colaborador estarão mais confortáveis para trocar ideias de uma forma sincera e produtiva.

– Garanta uma frequência

Garantir que os feedbacks sejam com frequência é outro passo essencial para ter todos os benefícios desta prática. Ou seja, não adianta apontar um momento positivo em específico, se você deixou passar outros 10 momentos iguais anteriormente.

Isso vai parecer pouco consistente e o colaborador pode deixar o feedback “passar batido”, justamente por não haver uma frequência certa.

Dessa forma, é preciso ficar atento e programar momentos para avaliar e estudar o comportamento dos colaboradores, para você conseguir dar um feedback embasado e com a frequência certa que a prática deve ter.

– Evite comparações

Outra dica essencial é evitar comparar as pessoas dentro de sua equipe, em especial ao dar um feedback.

Tente focar na pessoa que fez um bom trabalho e que foi um destaque positivo, fale sobre os comportamentos e sobre o trabalho dela. Dar ênfase no comportamento positivo que ela deve manter, e sobre os aspectos que fizeram com que ela tenha feito um bom trabalho.

Então, evite comparar todos esses aspectos com o desempenho de algum outro colaborador da equipe. Isso pode gerar uma competição e um ambiente de trabalho tóxico com o passar do tempo. Estimule a colaboração entre a equipe, e não a competição.

– Reconheça o trabalho do colaborador

Um dos pontos principais da prática do feedback positivo no dia a dia de sua empresa é justamente garantir que o colaborador sinta que seu trabalho duro é reconhecido.

Por isso, a mensagem passada deve ser clara ao abordar os pontos de destaque positivo do trabalho da equipe e como manter esse mesmo desempenho no futuro.

O reconhecimento é uma ótima maneira de motivar a equipe, torná-los mais produtivos e ter um local de trabalho mais saudável e colaborativo.

Para isso você pode dar exemplos do trabalho e do desempenho do colaborador e como esse desempenho foi bom e positivo para a empresa e para o andamento dos trabalhos em geral.

Isso permite com que o funcionário entenda os pontos e o seu objetivo claramente e continue com o bom desempenho.

– Pratique a comunicação não violenta e escuta ativa

A comunicação não violenta e a escuta ativa são práticas que devem estar presentes em todo o momento, mas em especial ao dar um feedback para um colaborador.

A comunicação não violenta é um modo de expressão e comunicação que visa o fortalecimento dos laços. Dessa forma, ela consiste em se comunicar de uma forma não agressiva, dizendo ao outro como aquela ação te fez sentir. Em vez de acusar alguém de algum comportamento.

Esse é um tipo de comunicação empática e que estimula um ambiente saudável de trabalho.

Além disso, a escuta ativa também é uma prática muito importante e consiste em demonstrar interesse pelo que o outro está falando. Ou seja, você deve realmente ouvir e prestar atenção, sem interromper, para realmente demonstrar interesse e entender a fala do outro.

– Conclua com alinhamentos e ideias de melhorias

Além disso, você já sabe que o feedback precisa ter uma análise e um planejamento anterior. No entanto, outro ponto importante ao dar um feedback é também apontar um direcionamento que o colaborador deve seguir. Tanto nos casos de feedback negativo quanto positivo.

Isso faz com que os objetivos sejam alinhados e que haja uma melhora de desempenho contínua por parte da equipe.

Assim, forneça sempre uma orientação, fale sobre os seus objetivos e os objetivos gerais da empresa. Assim como sobre os alinhamentos do dia a dia de trabalho e dê algumas ideias de melhorias, em ambos os casos de feedbacks.

Dar alinhamentos permite que o funcionário visualize melhor o que deve fazer no dia a dia e a forma como deve agir, o que vai resultar em uma melhora de desempenho geral com o passar do tempo.

Afinal, a ideia do feedback é implantar medidas positivas duradouras e que podem ser colocadas em prática sem muita dificuldade.

Exemplos de feedback positivo

feedback positivo feedback positivo e negativo

Confira alguns exemplos de feedback positivo para elucidar esse conceito e fazer com que você tenha uma facilidade maior em aplicá-lo dentro do dia a dia de sua empresa.

Começar com parabéns pode ser uma boa maneira de começar a conversa. Além disso, você pode citar exemplos que foram elogiados, falar que o colaborador bateu a meta do mês ou que fez um bom trabalho em tal aspecto. Assim como elogiar a participação e o esforço do colaborador é sempre uma ótima maneira de fazer um feedback também.

Assim, dar um feedback é detalhar e analisar a ação das pessoas da equipe, para que elas entendam os pontos que devem ser mantidos nesse desempenho.

Conclusão

feedback positivo feedback positivo de clientes

Agora que você já entende bem o conceito de feedback positivo, os benefícios dessa prática e sabe dicas de como dar um feedback positivo, pode implementar dentro de sua empresa para melhorar a produtividade, o ambiente de trabalho e aumentar a motivação de sua equipe.

O ponto principal é entender a importância do feedback positivo para manter a motivação da equipe dentro do seu ambiente de trabalho. Além disso, é importante saber como o líder exerce um papel fundamental nesse processo, como um guia para estabelecer os objetivos e alinhar o desempenho da equipe. Assim como também é importante saber a diferença do feedback positivo para o feedback negativo, e a hora de aplicar cada um deles.

A partir disso, você pode começar a aplicar essa prática em sua empresa. Através das dicas de como dar um feedback positivo, que incluem: acompanhar o dia a dia, escolher um bom momento, garantir a frequência dos feedbacks, evitar comparar a equipe, reconhecer o trabalho de todos, praticar a comunicação não violenta e a escuta ativa e , por último, guiar e alinhar os objetivos do colaborador com os objetivos da equipe.

Ao aplicar todas essas dicas você vai perceber os resultados em seu ambiente de trabalho. Em pouco tempo a equipe vai estar mais motivada, produtiva e alinhada com os seus objetivos gerais e os objetivos gerais da empresa.

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Deixe um comentário

conexa saude cta

Nos acompanhe nas redes sociais!

Assuntos do blog

Receba quinzenalmente os melhores conteúdos sobre bem-estar corporativo.

Assine nossa newsletter e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Outros posts que você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e acesse o melhor conteúdo sobre bem-estar corporativo!

      Saúde digital, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

      A Conexa Saúde é uma solução completa para a saúde digital da sua empresa, que mostra que bem-estar corporativo pode ser acessível e estratégico. Fale com a gente!