Abril Verde: veja a importância desse tema para sua empresa

abril verde maos juntas

A cada 48 segundos acontece um acidente de trabalho no Brasil. O cenário fica ainda pior se pensarmos que a cada 3h38, uma pessoa morre pelo mesmo motivo. Os dados são da Procuradoria Geral do Trabalho e colocam o país em quarto lugar no ranking mundial. Daí a importância do Abril Verde.

Outra estatística alarmante foi publicada pelo Anuário Estatístico de Acidente de Trabalho (AET). O estudo realizado em 2017 apontou 2.096 mortes e 585.626 acidentes de trabalho.

Para mudar esse cenário, organizações ligadas ao setor instituíram o Abril Verde, como mês de alertas e de ações que incentivem as empresas a investirem em segurança e saúde dos trabalhadores.

O mês abriga duas datas importantes: dia 7 é o Dia Mundial da Saúde e, 28, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 2003.

No texto de hoje vamos entender melhor a importância desse tema para as empresas. Boa leitura!

O que é o Abril Verde?

abril verde mulher sorrindo

O tema, simbolizado por um laço da mesma cor, é um movimento que visa alertar as empresas e a classe trabalhadora sobre a importância da saúde e da segurança no ambiente laboral.

O Abril Verde tem como principal data o dia 28 de abril, em homenagem a 78 mineiros que morreram em uma explosão. O acidente aconteceu em 1969, em uma mina em Farmington, West Virginia, nos Estados Unidos.

Há quase 53 anos a OIT adotou esse dia, como sendo oficial da segurança do trabalho. No Brasil, a data também foi eleita como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e de Doenças do Trabalho. Homenagem constituída através da lei 11.121 de 2005.

Quem promove o Abril Verde?

Com objetivo de prevenir acidentes de trabalho e implementar ambientes cada vez mais seguros para os trabalhadores, o Abril Verde pode ser promovido por órgãos públicos e privados, representativos de classes e de saúde.

Entre eles, Ministérios do Trabalho e da Saúde, sindicatos, comissão interna de prevenção de acidentes (CIPA).

Por que o Abril Verde é importante para as empresas?

abril verde pessoas com mascara

O movimento Abril Verde contribui para desenvolver um processo de conscientização e de prevenção nas organizações produtivas.

Sua importância é ampla, em especial para as empresas que têm a responsabilidade de promover um ambiente de trabalho mais saudável e livre de riscos de acidentes. As ações devem ser desenvolvidas em parceria entre gestores e trabalhadores.

As responsabilidades e ações variam de acordo com o perfil do negócio e áreas de atuação, como setores químico, da construção civil ou mineração.

– Reduzir acidentes, preservar a qualidade de vida dos trabalhadores;

– Minimizar os números de faltas, afastamentos ou custos com tratamentos;

– Atender as normas da política de Segurança e Saúde do Trabalho (SST);

– Garantir a integridade da equipe por meio de ações dos Programas de Gerenciamento de Riscos (PGR) e de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO);

– Assegurar que os funcionários recebam e usem corretamente os equipamentos de proteção individual (EPIs) e coletivos (EPCs).

Qual o objetivo do Abril verde?

A campanha que tem como símbolo um laço verde pretende chamar a atenção da sociedade e dos empresários para a necessidade de investimentos permanentes em prevenção.

Importante lembrar que isso deve acontecer de forma perene ao longo do ano e não somente em abril. Esse movimento colocou a segurança no calendário nacional e serve para:

  • Levantar os riscos;
  • Conscientizar a população sobre saúde e segurança do trabalho;
  • Ampliar a cultura da prevenção em todos os ambientes laborais;
  • Observar o comportamento dos trabalhadores em relação aos EPIs;
  • Fazer com que os gestores reflitam sobre suas responsabilidades;
  • Instituir ações preventivas, entre outros.

– Promover a qualidade de vida do trabalhador

Muito mais que pensar em danos físicos, as empresas precisam estar atentas para ações que preservem a saúde do corpo e da mente de sua equipe de trabalho.

Isso envolve uma série de medidas que englobam não só equipamentos, mas também o local de trabalho e a função exercida. Ambientes onde o trabalhador poderá estar exposto a calor, frio, sons altos, produtos químicos, esforços repetitivos, entre outros agravantes.

Por isso os gestores devem priorizar ações de prevenção que priorizem o bem-estar de todos. Afinal, trabalhar em empresas que oferecem um bom clima organizacional proporciona ganhos para os dois lados.

A empresa, que conquista maior rendimento, menos afastamentos e custos e o trabalhador que conquista mais qualidade de vida.

– Conscientizar sobre saúde e segurança no trabalho

Uma grande parte dos quase 600 mil acidentes de trabalho que acontecem todos os anos no Brasil tem como causa central o descaso. Seja ele por banalizar os riscos, pela falta ou mau uso dos EPIs.

Isso geralmente pode partir de qualquer um dos envolvidos no processo, sejam autoridades, gestores ou funcionários. Evitar acidentes deveria ser um objetivo público comum.

Por isso da importância do Abril Verde para alertar e conscientizar a sociedade sobre saúde e segurança no trabalho.

– Debater responsabilidades e ações preventivas

Para evitar que as responsabilidades sobre as ações preventivas ou acidentes caiam no esquecimento é preciso manter o debate efetivo. Caso contrário, os riscos tendem a aumentar e a prevenção fica sempre em segundo e até terceiro planos.

Por meio do Abril Verde os gestores conseguem entender e estabelecer suas responsabilidades. Quais medidas e ações devem ser adotadas para conscientizar sobre a prevenção e não somente o risco.

Muitos gestores ainda veem algumas iniciativas como gastos e não investimento. Esse conceito também exige mudanças radicais.

– Incentivar a prevenção de acidentes e doenças

O ditado popular, prevenir é melhor que remediar, nunca fez tanto sentido quando o tema em questão é saúde e segurança no trabalho. A meta é sempre prevenir acidentes, evitando riscos nos mais diferentes ambientes.

Engana-se que somente os setores de fabricação ofereçam perigo. Este pode estar em qualquer local. Da área administrativa ao almoxarifado. Por isso é tão importante que as pessoas conheçam esses riscos e suas complicações.

Afinal alguns acidentes e doenças do trabalho podem deixar sequelas e até tirar a vida. Adotar procedimentos seguros, usar equipamentos de segurança individual e coletivo, entre outras ações, promovem mudanças culturais e de processos.

Qual a lei que assegura o Abril Verde?

abril verde homem dando joinha

No Brasil o Abril Verde foi assegurado em especial a partir da lei de número 11.121 de 2005, que institui o dia 28 de abril como sendo o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

A partir daí, empresas e órgãos representativos de classes se uniram para ampliar as ações de conscientização sobre saúde e acidentes no trabalho. Outras leis como a 6.514 de 1977 e a portaria 3.214 de junho de 1978, antecederam a legislação e as regras sobre o tema.

Estas duas regulamentam uma série de medidas internas que atuam na prevenção de acidentes e de doenças do trabalho.

O que são as doenças do trabalho?

A legislação trabalhista define doenças do trabalho como enfermidades adquiridas ou decorrentes da função e das condições que as tarefas são desempenhadas. Isso pode acontecer de forma direta ou indireta.

O Ministério do trabalho classifica as doenças ocupacionais de acordo com o tipo de doença, como por repetição, auditivas, respiratórias, psicossociais, entre outras. Entre as doenças mais comuns, podemos citar:

Lesão por esforço repetitivo (LER);

– Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT)

– Surdez/PAIR;

– Antracose pulmonar;

– Asma ocupacional;

– Psicossociais, que englobam estresse, depressão, ansiedade, enxaqueca e até dores musculares;

– Problemas da visão;

– Silicose, que é o acúmulo de sílica no pulmão;

– Dorsalgias, geralmente causadas por esforço repetitivo e uso excessivo de força ao levantar pesos;

– Dermatose ocupacional;

Câncer de pele;

– Varizes nos membros inferiores.

E o que são considerados acidentes no trabalho?

abril verde homem trabalhando

Qualquer que seja a lesão que um trabalhador sofra no seu local de trabalho é considerado um acidente de trabalho. Independente do grau de gravidade ou não, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deve ser notificado.

Entre os tipos de acidentes de trabalho mais comuns podemos destacar:

– Típico – Todas as ocorrências que acontecem no local e no horário de trabalho.

– Atípico – São todas as ocorrências ligadas à atividade ou por esforço repetitivo. Isso inclui ainda, contaminações, agressões ou sabotagem.

– De trajeto – São os acidentes ocorridos no trajeto para o trabalho ou quando o trabalhador está em horário de trabalho fora da empresa.

Formas de promover o Abril Verde na sua empresa

abril verde rapaz de bracos cruzados

Independente do perfil da empresa ou do número de funcionários, os gestores podem e devem promover ações que marquem o Abril Verde na unidade.  Iniciativa que deve entrar para o calendário anual de atividades, sempre envolvendo todos os membros das equipes.

Isso deve começar pela decoração dos ambientes que devem adotar a cor e o laço verde. Pode ser por meio de fitas, balões, adesivos, iluminação, cartazes, entre outros. O importante é soltar a criatividade.

Outra ação importante é elaborar um manual de segurança e até de biossegurança. A divulgação desse material deve ser ampla e perene. Manter a comunicação com outras empresas contribui para ampliar ideias e soluções sobre o tema.

As iniciativas são inúmeras, então vamos conhecer outras formas de promover o Abril Verde na sua empresa!

– Realização da SIPAT

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) é uma das ótimas iniciativas para o desenvolvimento de ações preventivas. Em alguns segmentos de trabalho é obrigatória por lei, sendo uma das responsabilidades da CIPA.

Deve acontecer com frequência anual, envolvendo palestras, cursos, treinamentos, etc. Entre as diversas estratégias de trabalho, o Abril Verde pode ser uma oportunidade para debater e alertar sobre temas importantes na prevenção de doenças e acidentes de trabalho.

– Debates com a gestão da empresa

A gestão da empresa tem o dever de promover debates incentivados a todos os colaboradores a discutir melhores formas para reduzir acidentes. A melhoria do ambiente do trabalho contribui sensivelmente para um bom clima organizacional.

Os debates devem ser um exercício contínuo no trabalho. É uma oportunidade para identificar possíveis falhas, apontar soluções e promover bem-estar.

– Palestras voltadas para o temática

Ao longo da campanha Abril Verde os gestores devem buscar palestras e treinamentos com temas voltados à conscientização dos colaboradores. A participação de especialistas e profissionais das áreas de saúde e de segurança do trabalho pode ser interessante.

Muitas administrações públicas disponibilizam suas equipes de saúde para esse fim. Médicos, enfermeiros, bombeiros, educadores podem contribuir com suas bagagens profissionais.

A programação pode ainda incluir, apresentações, lives, encontros on-line, entre outras formas de discussão e de orientação.

– Feedback dos colaboradores

Dar um retorno, um feedback sobre os riscos envolvidos na atividade de trabalho diária, é importante para as equipes. Desta forma eles se mantêm informados e alertados sobre os riscos que afetam a sua segurança no desempenho das funções.

Afinal, a informação e a opinião de todos faz a diferença no sucesso das ações. Os gestores devem orientar, mas também apresentar dados concretos sobre a saúde e segurança interna.

Sobre o porquê o funcionário deve usar corretamente um EPI, por exemplo. E o que pode acontecer com esse equipamento não é utilizado adequadamente. Afinal, segurança deve ser uma preocupação constante de todos os envolvidos no processo produtivo.

– Divulgação dos riscos

abril verde rapaz trabalhando

A legislação trabalhista e de normas técnicas já contam com algumas regras que facilitam a divulgação dos riscos em ambientes laborais. Uma delas é a NR 9 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Essa informação deve vir desde o momento da contratação e da apresentação do funcionário ao seu local de trabalho. Os riscos podem ser divulgados ainda por meio de placas e cartazes, memorandos, palestras, treinamentos, entre outras estratégias.

Tudo para informar e sensibilizar o trabalhador sobre os riscos que corre no dia a dia na empresa.

– Crie uma brigada de segurança durante o mês

As empresas devem manter uma brigada de segurança permanente e ainda criar junto à CIPA, brigadas para atuarem em ocasiões específicas como o Abril Verde.

Essa brigada pode percorrer os departamentos da empresa sem prévio aviso, verificando as condições dos ambientes.

Ao identificar alguma situação fora da conformidade, o trabalhador deve ser orientado e ainda receber um manual ou cartilha de procedimentos de segurança. A participação de palestra e treinamento não é descartada.

Ao fim do trabalho o gestor pode conceder um certificado de amigo da segurança, para incentivar ainda mais a brigada.

– Use e invista em tecnologia

Em um mundo cada vez mais globalizado e tecnológico investir em tecnologia de ponta para falar sobre saúde e segurança no trabalho é crucial. Faz parte de uma comunicação eficiente e facilita o entendimento.

São diversas as estratégias que podem ser adotadas ao longo do Abril Verde. Entre elas, testes, jogo dos sete erros e a gamificação, que trabalha com vários tipos de dinâmicas.

Essa metodologia trabalha com jogos virtuais, que ajudam a promover maior engajamento das equipes. O tema saúde e segurança do trabalho deve ser priorizado em qualquer uma dessas atividades.

– Invista em prevenção e cuidados

Desenvolver a cultura de uma segurança preventiva no trabalho é uma das principais diretrizes do movimento Abril Verde.

O objetivo é despertar o interesse dos gestores e promover a conscientização e engajamento dos trabalhadores sobre os cuidados preventivos. São estratégias que demandam investimentos, tempo e dedicação de todos os envolvidos.

Qualquer que seja a ação desenvolvida, ela deve ser aplicada para mudar conceitos e prevenir doenças e acidentes no trabalho.

Importância da saúde corporativa para a sua empresa

Quando pensamos em saúde corporativa é preciso expandir os horizontes para além de um simples plano de saúde. Ela envolve diversas ações, programas e iniciativas que a empresa realiza para estimular o bem-estar dos funcionários.

Melhora a qualidade de vida e o clima organizacional interno e externo. Uma boa gestão de saúde corporativa deve ampliar a carteira de benefícios, bem como adotar medidas de incentivo à prática de atividade física, alimentação saudável e bons hábitos.

Para isso, a empresa pode contar com ajuda de profissionais especializados ou contratar empresas que possam prestar assessoria, como a Conexa Saúde.

Entre as ações de saúde corporativa, a empresa precisa analisar o ambiente de trabalho. Fatores como o local, a mobília, a iluminação, a ventilação, os equipamentos, ruídos, entre outros.

Conheça a Conexa Corporate

Nosso conteúdo de hoje trouxe como tema central a segurança e a saúde do trabalhador. Para ampliar as discussões sobre o tema, o movimento Abril Verde é uma ótima estratégia.

Como vimos, é um mês onde a empresa pode dedicar a sua atenção para desenvolver atividades que despertem a curiosidade dos trabalhadores para a prevenção.  E quando o assunto é prevenir, a Conexa Saúde conta com uma série de programas que podem ajudar a empresa nessa tarefa.

Entre eles a Conexa Corporate, voltada a atender as demandas corporativas. Por meio de uma moderna plataforma de telemedicina a Conexa Corporate oferece uma série de serviços e cuidados com a saúde, em mais de 30 especialidades.

Consulta remota, 24 horas, nos sete dias da semana, é a principal vantagem. O funcionário e seus dependentes podem usufruir do sistema sem sair de casa ou do trabalho.

A Conexa também disponibiliza programas de saúde física e de suporte emocional para as equipes internas.

Ficou curioso para saber o que a Conexão Corporate pode fazer por sua empresa? Então acesse www.conexasaude.com.br e confira as principais vantagens da telemedicina corporativa.

Conclusão

abril verde pessoas se cumprimentando

Se o verde foi escolhido para simbolizar a saúde e a segurança do trabalho, a cor dá o tom da campanha Abril Verde. Um mês inteiro dedicado a iniciativas e programações voltadas para esclarecer a classe trabalhadora sobre a importância da prevenção.

Em um país que está em quarto lugar no mundo em número de acidentes de trabalho, esse movimento deve ser ampliado em ritmo acelerado. A campanha tem seu ponto alto no dia 28, instituído como o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho.

Data em homenagem aos mais de 70 trabalhadores mortos em um acidente ocorrido em uma mina americana. O fato ocorrido em 1968 serviu de alerta para que as empresas priorizem a segurança e a saúde dos seus trabalhadores.

Caso contrário, correm riscos de prejuízos financeiros e até tragédias do tipo. Em 2005 o Brasil criou o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

O Abril Verde tem como desafio mostrar aos empresários que é possível fazer ainda mais para que o trabalhador possa ser executado de forma saudável e segura.

Continue acompanhando o nosso blog!

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Deixe um comentário

conexa saude cta

Nos acompanhe nas redes sociais!

Assuntos do blog

Receba quinzenalmente os melhores conteúdos sobre bem-estar corporativo.

Assine nossa newsletter e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Outros posts que você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e acesse o melhor conteúdo sobre bem-estar corporativo!

      Saúde digital, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

      A Conexa Saúde é uma solução completa para a saúde digital da sua empresa, que mostra que bem-estar corporativo pode ser acessível e estratégico. Fale com a gente!