A importância de incentivar a prevenção de IST no trabalho

A importância de incentivar a prevenção de IST no trabalho

Segundo a Organização Mundial da Saúde, todos os dias surgem milhões de novos casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Dessa forma, a estimativa é de que 1 em cada 25 pessoas já foram expostas ao contágio. É por isso que é tão importante falar sobre a prevenção de IST em diversos ambientes, inclusive no empresarial.

Afinal, só no Brasil existem cerca de 290 mil pessoas portadoras de HIV.

Sendo assim, precisamos saber como abordar o assunto no trabalho, para que seja possível acolher colaboradores portadores de ISTs, além de informar, tirar dúvidas e incentivar a prevenção.

Continue a leitura para entender como funciona!

Existe diferença entre DST e IST?

A principal diferença entre os dois termos está mesmo, principalmente, ligada ao nome.

Isso acontece porque a sigla para Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) foi substituída em 2016, passando a adotar o nome de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Nesse sentido, o objetivo é ampliar essa discussão, trazendo a atenção para infecções que nem sempre apresentam sintomas.

Para exemplificar, podemos citar como doenças sexualmente transmissíveis o HIV, Hepatite B e sífilis. Mas, além desses nomes, existem diversas outras infecções silenciosas que podem estar sendo transmitidas em uma relação sexual, seja oral, vaginal ou oral.

Por que falar sobre prevenção de IST no trabalho?

Como dissemos no tópico anterior, existem infecções sexualmente transmissíveis que não possuem sintomas – o que não significa que não estão causando problemas no organismo da pessoa infectada. Sendo assim, é sempre benéfico incentivar a prevenção de ISTs, também no ambiente de trabalho.

Afinal, a maior parte das pessoas portadoras de HIV no Brasil estão entre os 25 e 39 anos – uma média de 50% do total de homens e mulheres infectados. Por isso, é possível afirmar que as pessoas mais atingidas pelas ISTs são pessoas que, em sua maioria, estão no mercado de trabalho atual.

E é por isso que faz tanto sentido levar a discussão sobre a prevenção de ISTs para dentro da empresa.

Dessa forma, é possível orientar o público mais afetado por esses problemas, indicando quando procurar um médico, como acontece a transmissão, e claro, quais as melhores práticas para a prevenção dela.

Assim, a informação chega em pessoas que poderiam não ser impactadas com campanhas externas sobre prevenção.

Abalo psicológico do colaborador portador e afastamento do trabalho

Em alguns casos, é possível que pessoas portadoras de ISTs passem por situações de ansiedade e depressão. Sendo assim, é comum que os médicos infectologistas indiquem o acompanhamento de psicólogos e psiquiatras.

Nesse sentido, o convívio social pode se tornar um desafio para quem possui uma IST. Afinal, o medo de enfrentar preconceito por parte de colegas de trabalho pode tornar o profissional inseguro.

Com ações de incentivo a prevenção é possível trazer informação para os colaboradores, e incentivar a empatia. Isso melhora a qualidade de vida dos colaboradores, ajuda a evitar problemas e até melhora o convívio entre equipe e os profissionais portadores de IST.

Mas como falar sobre IST no ambiente corporativo?

Não dá pra dizer que esse é um assunto fácil de ser trabalho. Por isso, muitas empresas acabam deixando para falar rapidamente em eventos como a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT).

Mas, quanto menos se fala no assunto, mais se dá espaço para a transmissão de infecções sexualmente transmissíveis.

Sendo assim, ações como conversas com especialistas, distribuição de material informativo aos colaboradores e a viabilização de acompanhamento psicológico aos profissionais portadores de IST são sempre recomendadas.

Além disso, também é possível fazer algumas programações diferenciadas como jogos e quizes, criando um ambiente descontraído para realizar a discussão.

Outras formas de incentivar a prevenção de IST na empresa

Além de realizar campanhas internas de discussão sobre prevenção de IST, a empresa também pode incentivar a realização de acompanhamentos preventivos e check-ups periódicos.

Dessa forma, é possível ter um diagnóstico nas fases iniciais da IST, o que é muito positivo para o tratamento precoce.

Uma atitude importante é a de oferecer suporte de saúde para colaboradores portadores de IST. Assim, o colaborador de sente acolhido, aumenta seu bem-estar, e se torna mais produtivo.

Por último, mas não menos importante, também é possível incentivar hábitos saudáveis dentro da empresa. Nesse sentido, alguns dos hábitos que podem ser recomendados são:

  • Criar uma cultura de palestras educacionais sobre saúde;
  • Viabilizar a ergonomia, seja no home office ou presencialmente;
  • Incentivar o acompanhamento médico preventivo dos colaboradores;
  • Oferecer acesso a uma ferramenta de telemedicina;
  • Fortalecer um ambiente organizacional com empatia.

Se proteja

É importante lembrar que existem apenas duas formas de prevenir a transmissão de infecções. A primeira, é a utilização de preservativos tanto em sexo vaginal, como anal e oral.

A segunda é a aplicação de vacinas, como a da HPV, por exemplo. Por outro lado, o número de doenças sexuais que podem ser prevenidas com vacina é bem pequeno.

Antes de tudo, é necessário que as empresas busquem essas informações, e abram essa discussão da forma correta entre seus funcionários. Dessa forma, você otimiza a qualidade dos seus resultados, garantindo o bem-estar dos colaboradores.


Gostou do post? Quer ficar por dentro de outras dicas como essa e garantir a saúde de seus colaboradores? Então, siga nosso Facebook e nosso LinkedIn para acompanhar as novidades! 

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Deixe um comentário

Outros posts que você também pode gostar

Assine nossa newsletter e acesse o melhor conteúdo sobre bem-estar corporativo!

    Saúde digital, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

    A Conexa Saúde é uma solução completa para a saúde digital da sua empresa, que mostra que bem-estar corporativo pode ser acessível e estratégico. Fale com a gente!

    Skip to content